Governo do Paraná anuncia restrições para conter a Covid

Região

Governo do Paraná anuncia restrições para conter a Covid

Marcos Antonio, do BrOnline com informações de Assessoria – O Governador Ratinho Júnior falou em entrevista coletiva nesta terça-feira, 30, sobe as novas medidas de enfrentamento de coronavírus no estado do Paraná. Segundo ele não haverá o lockdown, mas sim uma quarentena mais restritiva em algumas regiões do estado. O governador explica que 75% dos casos estão vinculados a sete regionais de saúde, que abrange 134 cidades.

As medidas mais restritivas serão adotadas nas regionais de Saúde de Cascavel, Cornélio Procópio, Cianorte, Toledo, Londrina, Foz do Iguaçu e Curitiba e a Região Metropolitana de Curitiba. Entre elas está o fechamento de atividades não essenciais no período de 14 dias; shoppings, galerias, comércio de rua, feiras, salões de beleza, academias, bares, casas noturnas. O transporte público poderá atender somente os funcionários dos serviços considerados essenciais, e os veículos só poderão circular conforme a quantidade de assentos. Ainda fica proibida a circulação de pessoas em vias públicas das 22h as 5h.

O funcionamento dos mercados ficará restrito de segunda a sábado, das 7h às 21h. O fluxo ficará limitado a 30% da capacidade total, devendo ser controlado com a distribuição de senhas. O acesso será limitado a uma pessoa da família e está proibida a entrada de menores de 12 anos.

Fica suspenso o funcionamento de serviços de conveniência em postos de combustíveis – exceto nas rodovias. Restaurantes e lanchonetes poderão atender somente no sistema drive-thru, delivery ou take away (retirada no balcão). Reuniões profissionais ou pessoais devem ser realizadas virtualmente e, quando necessário, com no máximo cinco pessoas afastamento de dois metros entre si. A abertura de parques, praças e demais áreas coletivas ao ar livre fica a critério de cada prefeitura.

A quarentena será válida por 14 dias a partir de 01 de julho e afetará diversos setores da economia. "Restrições em especial do comércio", diz o governador Ratinho Junior. O objetivo é aumentar o isolamento social e diminuir a circulação do vírus. A justificativa é o crescimento da curva de casos e mortes por coronavírus nessas regiões. Segundo o secretário de Saúde Beto Preto, preocupa a falta de profissionais intensivistas e de medicamentos essenciais para entubar pacientes graves.

Toledo mantém decreto municipal publicado nesta terça-feira

Na manhã desta terça-feira, 30, em uma live o prefeito de Toledo, Lucio de Marchi anunciou a publicação do Decreto Nº 843 que autoriza a reabertura do comércio e outras atividades que estavam fechadas por 10 dias.

Com o decreto estadual anunciado pelo governado Ratinho Junior, na tarde desta terça-feira, que determinou o fechamento de atividades não essenciais por 14 dias em algumas regiões do Paraná, incluindo Toledo, a prefeitura do município terá que se manifestar, mas a princípio continua valendo o decreto da prefeitura de Toledo. Lucio de Marchi quer a manutenção do Decreto 843, porém aguarda um parecer jurídico para anunciar oficialmente. 

 

 

Galeria de imagens

Fonte: Marcos Antonio - Com Assessorias

Últimas Notícias