VOLEIBOL: Região Oeste coloca três cidades no pódio dos Jogos da Juventude

Esporte

VOLEIBOL: Região Oeste coloca três cidades no pódio dos Jogos da Juventude

Rondonenses comemoram ouro nos Jogos da Juventude em Londrina (imagem-silmar-ramos)

|Silmar Ramos do BrOnline – Londrina (PR)| - Não é de hoje que a região Oeste do Estado tem demonstrado grande potencial na modalidade de voleibol, efeito gerado pelas várias competições regionais com destaque para a Copa Integração Feminina e Copa Oeste Masculina, ambas usadas na preparação para os Jogos Oficiais do Paraná e Campeonatos Estaduais.

Nesta quinta-feira, essa condição foi ratificada com três pódios na fase final dos 32º Jogos da Juventude do Paraná da Divisão A, a elite da competição, encerrada em Londrina. No feminino, foram dois pódios e no masculino, um pódio.

A mais alta conquista foi de Marechal Cândido Rondon que teve grande atuação contra Curitiba para conquistar o título com vitória por 3 sets a 2.

As rondonenses começaram arrasadoras e não tiveram dificuldades para vencer o primeiro set em 25/15. No segundo set, mesmo jogando atrás do placar, conseguiu reverter para fechar em 25/20 para encaminhar o título no terceiro set. Essa pelo menos era a ideia do técnico Claudemiro dos Santos, mas o que ele não contava era com a reação das curitibanas que venceram o terceiro set em 25/21 e o quarto em 25/15 para levar para o tie-break.

No set decisivo Marechal abriu quatro pontos logo no início e trocou de quadra com seis de vantagem e depois, só precisou administrar para fechar em 15/8 e soltar o grito de campeão, algo que em 2018 foi impedido justamente por Curitiba.

Toledanas garantiram o bronze após final genuinamente oestina contra Palotina (img-silmar-ramos)

A decisão de medalha de bronze coube a duas equipes do Oeste e Toledo superou Palotina em 3 sets a 0 nas parciais de 25/13, 25/19 e 25/17. Medianeira, que também disputou o torneio, terminando em quinto lugar e mantendo-se na divisão A para 2020.

No masculino, Medianeira acabou superada na decisão por Curitiba por 3 sets a 0 e ficou com a medalha de prata.

O técnico Volmir Begnini (Magrão) destacou o resultado e o mérito dos adversários que possuem uma base muito forte. “Erramos em momentos decisivos e perdemos alguns pontos duvidosos que poderia ter mudado a história do jogo, mas não deixa de ser um grande resultado para uma cidade pequena como a nossa e tendo que competir com um gigante da capital do Estado. Agradeço aos atletas pelo empenho e ao município que nos apoia”, disse o treinador.

Medianeirenses terminara com a prata após grande confronto com Curitiba (imagem-silmar-ramos)

Também no masculino, Foz do Iguaçu que como Medianeira, disputa a Copa Oeste terminou em sexto lugar, mantendo-se também na divisão A para 2020.

Galeria de imagens

Fonte: imagens-silmar-ramos

Últimas Notícias