Em resultado histórico, voleibol sub-17 termina vice-campeão estadual

Esporte

Em resultado histórico, voleibol sub-17 termina vice-campeão estadual

a

O capitão Caetano Batista recebe o troféu de vice-campeão paranaense, resultado inédito para Toledo (imagem Beatriz Baron/FPV)

|Silmar Ramos do BrOnline – Toledo (PR)| - Ainda que tenha perdido neste domingo, 8, a decisão do Campeonato Estadual Sub-17 da Série A, competição oficial organizada pela Federação Parananse (FPV), o voleibol masculino da Prefeitura de Toledo/Avotol, equipe incentivada pela Prati Donaduzzi e pela Secretaria de Esportes e Lazer garantiu um resultado histórico para o voleibol local.

O time comandado pelo técnico André Van de Sand, que na etapa de Cascavel, havia conquistado quatro vitórias e apenas uma derrota desta vez venceu três e perdeu apenas uma atuando em casa. Na primeira fase foram vitórias contra Tamboara e Palotina, ambas em 3 sets a 0 e depois novamente contra Tamboara na semifinal, mas desta vez precisando de um tie-break para chegar a decisão contra o Círculo Militar do Paraná/ARBS para quem acabou superado e 3 sets a 1 nas parciais de 20/25, 19/25, 25/20 e 25/27.

Foi primeira vez na história que Toledo conquistou um pódio nesta categoria. Para o treinador, Toledo está escrevendo o seu nome no circo do voleibol estadual e isso se deve ao trabalho de base. “Graças a esse grupo que começou a ser formado há quatro anos em nossas escolinhas, tivemos a felicidade de conquistar este grande resultado e apresentando um voleibol de alto nível mesmo atuando com as equipes tecnicamente superiores”, afirmou treinador.

Van de Sand também destacou o apoio da Secretaria de Esportes e Lazer, da Prati Donaduzzi e Avotol, que possibilitam segundo ele, a participação em competições de alto nível, o que resulta no crescimento do voleibol local. “É um apoio importante. Podemos ressaltar também que já conquistamos nesse ano a fase regional dos Jogos da Juventude e vamos brigar por uma vaga na divisão de elite em Francisco Beltrão e ainda temos a participação na etapa final da Copa Oeste para tentar um pódio na classificação geral, ou seja, os resultados do trabalho estão aparecendo”, destaca o treinador ao agradecer também a torcida e aos familiares de atletas que lotaram o ginásio Hugo Zeni para incentivar a equipe.

Técnico André com Lukas Bergman, que foi eleito o melhor ponteiro do torneio e MVP (imagem Beatriz Baron/FPV)

Além do título e a manutenção da equipe na Série A do Paranaense 2020, Toledo também teve o ponteiro Lukas Bergman como o melhor jogador do campeonato em sua posição e eleito o MVP (o mais valioso da competição). Também atuaram nesta conquista, os atletas Eduardo Menezes, Lucas Zonta, Rafael Antoniassi, Wender Moraes, Emanuel Galinna, Davi Hoff, João Costa, Erisson Moura, Caetano Batista, Luis Batistello, Luis Guereze e Felipe Martins.

CLASSIFCAÇÃO

Na classificação final do Paranaense, o Círculo Militar somou 21 pontos contra 17 de Toledo. Tambora foi a terceira colocada com 14 pontos, mesma pontuação do Santa Mônica Clube de Campo, em quarto lugar. A AVP/Dental Uni/Curitiba e a PM Nova Esperança/Homenet Websites terminaram em quinto e sexto luares sucessivamente, enquanto que a PM Palotina/Pró Esporte e a PM Foz do Iguaçu/Foz Cataratas, em sétimo e oitavo lugares foram rebaixadas a Série B de 2020.

Galeria de imagens

Fonte: imagens Bia Baron/FPV

Últimas Notícias